A Prefeitura de Sumé e a Secretaria de Educação (Seduc) entregaram à comunidade do Sítio Conceição, nesta quarta-feira, 19, a Escola João de Sousa, totalmente reformada, ampliada e climatizada.

 


A escola agora conta com sala de secretaria, quatro salas de aula, uma cozinha, depósito, seis banheiros, um refeitório, um pátio de entrada com praça e brinquedos e uma horta com fruteiras, hortaliças e plantas medicinais. Além disso, foram adquiridos novos móveis, carteiras, ares condicionados e computadores. O investimento foi de R$ 250 mil e os recursos foram próprios da prefeitura.

 


Sobre a comunidade – A comunidade de Conceição possui 329 habitantes distribuídos em 159 lares, todos com energia elétrica. A região tem acesso a internet e possui uma escola, uma capela, dois campos de futebol, um açude público, uma caixa d’água que abastece a área e uma mini fábrica de costura. Também existem duas associações rurais comunitárias e uma unidade âncora de saúde que realiza atendimento mensalmente com: médicos, enfermeiros, dentistas e 3 agentes comunitários de saúde que acompanham as rotinas das famílias da região. Ela recebeu esse nome “Conceição” em homenagem aos seus primeiros moradores, três frades alemães que chegaram à região e tinham devoção à Imaculada Conceição. Eles uniram a devoção ao sobrenome do primeiro habitante da comunidade, resultando em “Conceição dos Izidórios”.

 

Sobre a escola – A Escola João de Sousa foi construída em 1968, em um terreno doado por Manoel Izidório, filho de um dos primeiros moradores comunidade, João de Sousa. Sua primeira professora foi Isabel Severo. Ao longo do tempo, a escola passou por reformas e reorganizações para melhor atender à comunidade escolar. Em 2018, foi criado um polo educacional para atender a todos os estudantes residentes na zona rural. Em 2019, foi implantado o horário semi-integral com oficinas de letramento, jogos, brincadeiras lúdicas, oficinas de teatro, cinema e materiais recicláveis. Hoje a escola atua da educação infantil ao 5º ano.

 


Além da participação musical da Filarmônica Municipal Mestro Antônio Josué de Lima, o evento contou com a participação dos alunos que cantaram o hino do município e recitaram poemas. Esses alunos, inclusive, que receberam na oportunidade, notebooks doados pela Seduc para auxílio tecnológico durante as aulas.

 


A nova escola foi entregue a comunidade em um evento que reuniu o Prefeito Éden Duarte, o Vice Manezinho Lourenço, os Secretários Bonílson Timóteo (Educação) e Tanniery Lêla (Saúde), dos Vereadores Daniel Lêla (Presidente), Antônio Carlos Sarmento, Damião Rildo, Cristóvão Jr e Leônidas Albino (Bomba), do Chefe de Gabinete Heleno Júnior, das filhas e da viúva do Senhor João de Sousa, Dona Auxiliadora, dos Conselheitos do Orçamento Democrático Municipal (ODM), Edilson (St. Conceição) e Claudemir (St. Princesa do Juá), dos Presidentes de Associações locais, Maria Aparecida e Lourivaldo Batista, da Diretora da escola Simone Diniz e demais servidores, Warla Bruna, Secretaria de Saúde de Caraúbas, coordenadores, demais servidores da educação e saúde, pais, alunos e a comunidade da região.


Éden falou da alegria em poder realizar esse sonho da comunidade e concretizar uma demanda feita no ODM de 2022. Disse que o maior legado que alguém pode deixar é a educação e o conhecimento, “isso ninguém nos tira”. Agradeceu a D. Auxiliadora pela doação do terreno, “vocês começaram a escrever essa história e hoje dividem conosco a alegria de entregarmos uma das mais belas escolas do nosso município. Muito obrigado”, disse o prefeito.

 

O secretário Bonílson ressaltou a importância da equipe e todas as realizações audaciosas feitas pela gestão de Éden e Manezinho na educação. Citou a construção e reformas de escolas, creches, ginásios, distribuição de equipamento de informática aos professores e alunos e a qualidade técnica de todos que fazem a Seduc.

 

Por sua vez, a diretora Simone Diniz falou do amor que sente pela escola e todos que a fazem, da honra em poder participar deste momento, da sua histpria com a comunidade e da galeria recém criada, de antigos professores e da história da instituição.

 

Antes do evento, desde as 6h30, acontecia uma feira de saúde e serviços com equipe composta por médica, enfermeira (realizando citológico), odontólogo, fisioterapeutas (alongamento, massagem, postural laboral), técnicos, imunização (vacinas contra covid, influenza e de rotina), laboratório (realizando testes rápidos), vigilâncias ambiental, epidemiológica e sanitária, além de orientações jurídicas. Tudo acompanhado pelos Agentes Comunitários da região.

Fonte: Ascom/PMS