Últimas

Relatório de militares não aponta fraude em urnas e chega à mesma contagem de votos do TSE




O Radar recebeu, de uma fonte militar, o calhamaço de 63 páginas que, juntas, formam o relatório elaborado pelas Forças Armadas sobre o processo eletrônico de votação. 

O documento não aponta qualquer fraude eleitoral e ainda reconhece que os boletins de urnas e os resultados divulgados pelo TSE são idênticos. 

 

Em diferentes trechos, o estudo fala de dificuldades que os militares tiveram para realizar o trabalho de fiscalização das eleições — uma crítica ao TSE –, sugere melhorias, mas não valida nenhuma suspeita do grupo político de Jair Bolsonaro sobre irregularidades no pleito que terminou há dez dias. 

 

“Os integrantes da Equipe das Forças Armadas de Fiscalização e Auditoria do Sistema Eletrônico de Votação reforçam seu compromisso com a tecnicidade e a isenção profissional, reiterando o espírito colaborativo para com a Justiça Eleitoral, sob pauta da transparência e da idoneidade que envolvem um processo tão importante para a Sociedade Brasileira e para a Democracia”, diz o documento. 






Postagem Anterior Próxima Postagem