Últimas

Coligação de João Azevêdo coloca sob suspeita apreensão feita pela Polícia Federal

 


As apreensões de cestas básicas em veículos com suposto material de campanha dos candidatos João Azevêdo (PSB) e Lula (PT), acontecidas na quinta-feira (27), em João Pessoa, estão sob suspeita de armação e crime eleitoral.

A Polícia Federal informou que apesar dos materiais no veículos, não poderia concluir inicialmente de qual candidatura ao Governo da Paraíba seria a ação.

De acordo com o ex-policial civil e advogado Flavio Moreira, as ações de abordagem aos veículos, que foram realizadas pela Polícia Militar, estaria sob suspeita, uma vez que nas ações estiveram a Tenente Rebeca e o Coronel Ramalho, candidatos pelo PSDB e PL, respectivamente.

Ambos foram candidatos por partidos que são oposição ao atual governador e candidato à reeleição João Azevêdo e ao ex-presidente Lula.

A tenente, que inclusive estava de folga em sua escala ontem, foi candidata pelo partido de Pedro Cunha Lima (PSDB), que disputa o 2º turno com o gestor do PSB, além dela ser publicamente cabo eleitoral do filho do ex-senador Cássio Cunha Lima.

A Polícia Federal ainda não deu mais informações sobre o caso, restando detalhar que abrirá uma investigação para apurar o acontecido.

Fonte: Paraíba Online

 

Postagem Anterior Próxima Postagem