Subscribe Us

header ads

Amparo fica em 10º lugar entre as 223 cidades paraibanas que são excelência em gestão de Governança, Eficiência Fiscal e Transparência

 


Em mais um ranking divulgado pelo Portal Polêmica Paraíba, agora com as cidades paraibanas que são excelência em gestão de Governança, Eficiência Fiscal e Transparência, a cidade de Amparo, se destacou mais uma vez, alcançando o 10º lugar entre as 223 cidades do estado, além de ser a única da região do Cariri Ocidental nesse ranking. As cidades são classificadas, avaliadas e analisadas pelo Instituto Áquila e os dados foram colhidos na última quinta-feira (28), e permitem identificar o nível de desenvolvimento humano do local na circunstância temporal de realização da pesquisa. É importante deixar claro que os dados são atualizados em tempo real, podendo haver modificações a qualquer momento.

 

De acordo com o instituto, as Cidades Excelentes são aquelas que proporcionam uma melhor qualidade de vida para os seus cidadãos. Uma cidade excelente deve estar em equilíbrio para promover serviços eficientes à sua população. E para traduzir em um único número o indicador que mede o nível de excelência de um município, foi criado o IGMA.

 

A plataforma foi criada com um olhar municipal. Assim, o Áquila busca engajar a população e os gestores municipais na busca pela melhoria do serviço público e o consequente ganho de qualidade de vida da população. Com essas informações, é possível ao gestor público aprofundar e estratificar as análises dos indicadores que sustentam cada pilar do município, identificando assim quais são as restrições e onde ele deve atuar para promover excelência.

 

Os indicadores foram construídos a partir de 5 pilares: eficiência fiscal e transparência, educação, saúde e bem-estar, infraestrutura e mobilidade urbana e desenvolvimento socioeconômico e ordem pública.

Indicadores de Governança Monitorados:

· Indicador

· Percentual de Endividamento (%) –

· Autonomia fiscal (Número) –

· Capacidade de Investir (%) –

· Investimento per capita (R$ por habitante) –

· Resultado fiscal (%) –

· Índice de Transparência (Nota) –

· Aderência ao Plano de Contas (Homologado no prazo=1 ou fora do prazo=0) –

· Relação de servidores por 100 habitantes (Número por 100 habitantes) –

· Proporção de comissionados sobre o quadro de servidores (%) –

· Classificação CAPAG (Conceito: A=4, B=3, C=2, D=1) –

· Percentual de Mulheres Eleitas (%) –

· Variação no indicador IEG-M (Variação de faixas) –

· Despesas com Pessoal Executivo sobre a Receita (%) –

· Pagamento no prazo do Parcelamento com RPPS (Sim=1 ou Não=0) –

· Saldo dos Precatórios sobre a Receita (%)

Confira o ranking com a porcentagem das 10 cidades excelentes em Governança, Eficiência Fiscal e Transparência, da Paraíba de acordo com os dados do dia 18 de julho.



 Fonte: Polêmica Paraíba