Últimas

Pandemia completa 1 ano e 9 meses na PB e problemas impedem atualização diária de todos os dados

 


A pandemia completa 1 ano e 9 meses na Paraíba, neste sábado (18). Desde o último dia 10 de dezembro, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) não divulga todos os dados atualizados da pandemia no estado devido a uma instabilidade nos sistemas de registro ligados ao Ministério da Saúde.

A Pasta foi alvo de um ataque virtual, na semana passada, e as informações referentes à pandemia e à vacinação no Brasil estão indisponíveis por tempo indeterminado.

 

Neste sábado, a SES informou que foram registrados 34 casos de Covid-19, todos moderados ou graves. Agora, o estado totaliza 462.654 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 1.240.240 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

 

A SES disse que, devido à instabilidade nos sistemas e-SUS Notifica e SPI-PNI, não há dados de casos leves ou números referentes às doses de vacinas aplicadas neste sábado (18).

 

Foram confirmados sete novos óbitos desde a última atualização, sendo cinco ocorridos nas últimas 24 horas. Um óbito ocorreu em hospital privado e os demais em hospitais públicos. Com isso, o estado totaliza 9.572 mortes. O boletim registra ainda um total de 357.574 pacientes recuperados da doença.

 

Até este sábado, 222 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. Os óbitos confirmados neste boletim aconteceram entre os dias 15 e 17 de dezembro, entre os residentes dos municípios de Bayeux (1), Conde (1), João Pessoa (2), Nova Olinda (1), Patos (1) e Pombal (1). As vítimas são cinco mulheres e dois homens, com idades de 55 e 79 anos. Hipertensão e diabetes foram as comorbidades mais frequentes e três não tinham comorbidades.

 

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico) em todo estado é de 17%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 35%. Em Campina Grande, estão ocupados 2% dos leitos de UTI adulto e, no Sertão, 28% dos leitos de UTI para adultos.

 

De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, sete pacientes foram internados nas últimas 24h. Segundo a SES, 89 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Fonte: Portal Correio

Postagem Anterior Próxima Postagem